Fé Campeã | Em Busca Do Impossível
Em Busca Do Impossível

Em Busca Do Impossível

O objetivo deste blog é incentivá-lo a acreditar que é possível alcançar um grande desafio, com muita fé, disciplina, determinação, coragem e estratégia. Após o primeiro contato com o esqui alpino em Squaw Valley - California em janeiro de 2010, onde não saímos da área reservada para crianças e iniciantes, uma grande motivação surgiu para desenvolver-se nos esportes de inverno. Mas como aperfeiçoar a técnica esquiando uma vez por ano e se as condições financeiras permitirem viajar todo ano??? A passagem ganha no sorteio (ver abaixo) permitiu a segunda prática mas ainda na pista verde para iniciantes em Hunter - New York em fevereiro de 2010.

A transmissão dos Jogos Olímpicos de inverno neste mesmo mês motivou ainda mais a tentar o impossível: participar de uma prova de Biathlon na neve. Mas como alguém que não sabe esquiar, assim com uma pessoa não sabe andar de bicicleta ou que não sabe nadar pode participar de uma prova com poucas práticas e sem o contato direto com a modalidade??? A luz no fim do túnel foi o treinamento através de roller ski que simula os movimentos da modalidade (Esqui Cross Country).Jesus_Hagia_Sofia_peq
Deus foi bom neste ano de 2010 e conseguimos juntar recursos para fazer a segunda viagem a Europa, visitando os lugares importantes que faltava conhecer: Turquia, Londres e Países Baixos.

Na Turquia aprendemos mais sobre o islamismo e conhecemos as primeiras igrejas e basílicas cristãs. Nas cavernas e igrejas dos primeiros séculos do cristianismo, vimos as primeiras pinturas de Jesus e de cenas do evangelho. Quando você se depara com evidências arqueológicas tão antigas confirmando o que está escrito na Bíblia, nossa fé em Deus aumenta e a motivação em mostrar isso para as pessoas é cada vez maior. Nos museus de Londres, mais achados arqueológicos da antiguidade, incluindo essa placa com a figura de Pedro ditando o evangelho para Marcos Placa_St_Peter_peqdo século 7. No ano novo tivemos o privilégio de estar num dos melhores points para comemorar a virada e ver uma das maiores queimas de fogos do mundo: em frente à London Eye. Foi um grande espetáculo que durou uns 15 minutos.

Após visitar a linda Amsterdã e Bruxelas, partimos eu e minha esposa para o grande desafio de completar uma prova de 21km de esqui de fundo no estilo Freestyle em Bessans, França. As dificuldades foram grandes, pois não havia hotéis econômicos (a cidade não é escolhida para eventos internacionais pois só conta com três hotéis). Graças a ajuda de nosso aluno, o francês Benoit Pierrang, ele conseguiu uma reserva num apartamento por um preço salgado mas que nos deixou ao lado da prova e dos vários percursos da cidade.

O teste de caráter foi o seguinte: havia pistas de esqui por toda a cidade e você deve pagar uma taxa em torno de 15003_Chegada_Ale_peq reais para utilizá-las. Dá a impressão que ninguém paga pois ninguém controla e como todo brasileiro, a tentação de não pagar a taxa foi grande, mas percebi o teste de caráter e comprei sem êxitar o day pass mesmo com os recursos limitados. Outra dificuldade foi o cansaço de carregar as mochilas nas costas. Talvez as cãibras durante a prova tenham sido provocadas pelo cansaço da viagem e falta de treinamento durante as três semanas. Mas o importante é que, depois de muita oração, Deus permitiu concluir a prova com o tempo de 2h15min.

O medo antes da prova foi parecido com o medo de quem nunca entrou Biathlon_ale_peq no mar e quer participar de uma prova de tavessia aquática. Ou daquele que aprendeu a poucos dias a andar de bicicleta e enfrenta uma ladeira abaixo. Realmente foi um milagre terminar este grande desafio após aprender nos dias que antecederam a prova a andar no esqui de fundo.

Outro presente de Deus que deu esperança para conquistar o grande desafio foi aprender os princípios básicos do Biathlon. A aula foi muito proveitosa e o Professor Pasquale da L'Ecole du Ski de Bessans deu grandes dicas para uma futura participação nesta modalidade. Obrigado a TODOS que ajudaram de alguma forma a realizar esta prova, minha esposa, o Leandro Ribera e o Frabizio Bourguignon da CBDN, o Benoit e todos os alunos e colaboradores da Sportplan. UM FELIZ 2011!!!

Não existem comentários ainda, seja o primeiro a comentar!