Fé Campeã | O que é FÉ CAMPEÃ
O que é FÉ CAMPEÃ

O que é FÉ CAMPEÃ

“Qual a diferença entre o primeiro e o terceiro colocado numa competição, mesmo que seja por décimos de segundos? Ou qual a diferença entre o campeão que venceu várias vezes e aquele que subiu ao podium apenas uma? Ou ainda o que diferencia um atleta que alcançou uma marca extraordinária, um tempo jamais alcançado, ou um resultado acima do esperado para seu nível e sua estrutura de treinos?”

“No vocabulário dos atletas sempre ouvimos palavras como acreditar, fé, confiança, auto-confiança, convicção, certeza... Atletas campeões geralmente têm a maioria das qualidades e virtudes necessárias para alcançar a vitória como determinação, força de vontade, trabalho duro, disciplina, paixão, comprometimento, atitude positiva, etc, mas algumas delas estão intimamente relacionadas como humildade, caráter, generosidade e fé.”

“Mas por que estes atletas que entraram para história acreditariam que o Criador estaria preocupado com o resultado nas competições esportivas e uma escala de merecimento na vida??? E se numa final de um torneio, os dois lados fizerem um pedido para vencer a prova, o que contaria mais??? A resposta parece mais simples do que imaginamos: atletas são campeões porque foram mais determinados, mais disciplinados, mais inteligentes, tiveram mais vontade de vencer e mais confiança e fé que os outros.”

“Uma infinidade de atletas campeões acreditam que o Criador está influenciando suas vidas mas muitas vezes identificamos apenas as demonstrações públicas desta fé, entretanto, não são apenas os gestos que influenciam seus resultados. Em Pequim, a recomendação do Comitê Olímpico Internacional foi inibir “toda forma de manifestação política, cultural e religiosa”.”

“Então existe uma infinidade de gestos e atitudes que revelam a fé do campeão, sem quebrar regras que podem ou não incentivar a intolerância religiosa, como levantar as mãos para o céu, ajoelhar e orar, rezas no dia anterior, utilizar amuletos, sinais específicos como juntar as mãos ou imitar uma cruz, levantar um dedo para cima. Como é um gesto pessoal, só o atleta sabe que aquilo é um agradecimento ou uma demonstração de fé pois aparentemente, aquilo pode parecer que ELE É O NÚMERO 1, que está dedicando a vitória para alguém que morreu, etc. Por isso, neste livro não identificamos apenas gestos mas declarações a respeito da fé em entrevistas e biografias.”

TRECHO DO LIVRO: "A fé do Campeão" não-publicado.

Não existem comentários ainda, seja o primeiro a comentar!