Fé Campeã | 2018 WINTER OLYMPICS - PYEONGCHANG - KAMIL STOCH - Ski Jumping
2018 WINTER OLYMPICS - PYEONGCHANG - KAMIL STOCH - Ski Jumping

2018 WINTER OLYMPICS - PYEONGCHANG - KAMIL STOCH - Ski Jumping

24fev2018. Kamil Wiktor Stoch da Polônia ganhou o único ouro do País em PyeongChang 2018. Em Sochi, ele já havia entrado para a história ao se tornar o terceiro homem a vencer ambas provas individuais (Normal Hill e Large Hill).
Agora Kamil se firma como o mais vitorioso saltador da Polônia após sua quarta medalha (a Polônia também ganhou o bronze por equipes) e o "grand slam" do Ski Jumping (World Cup, Four Hills Tournament, Olympíada e Mundial)
"Esta medalha é o resultado de um grande trabalho feito por muitas pessoas, mas vale dizer obrigado a vocês, e mesmo para Deus. Agradeço a Deus pelo fato de ser uma competição em que todos poderiam mostrar que podem vencer," enfatizou o campeão que também dedica a medalha a sua esposa Ewa, reporter e agente esportiva.
"Cheguei a conclusão que minha esposa é o melhor presente que tive em minha vida... Esta medalha de ouro é também o sucesso dela. Sua presença na Korea me ajudou muito. Apenas sabendo que ela esta perto, sempre me ajuda. Independente do que aconteça, Ewa estará comigo," disse Kamil.
Por algum tempo ele não acompanhou a mídia, publicações e comentários sobre suas performances por causa das críticas. Um dos colunistas, criticou o fato dos poloneses fazerem o sinal da cruz antes dos saltos, como se fosse algo controverso, alguém antes de pular de um abismo referir-se a sua fé para se acalmar e ganhar coragem.
O texto absurdo do colunista da Gazeta Wyborcza, lamentou que os esquiadores façam o sinal da cruz, dizendo que ofendia seu "sentimento ateísta". O escritor esquerdista não considerou a liberdade de expressão ou que da mesma forma ele deve estar aberto à críticas às suas opiniões ateístas.
"O sinal da cruz é o resultado da minha fé," disse em entrevista à Marcin Wiklo. "Eu não me envergonho de acreditar em Deus, não me envergonho de acreditar em Jesus."
Em outra estrevista ao Polish Human Rights - Faith, Patriotism and Art, Kamil disse o que é mais importante em sua vida. "Sempre fiz isso desde pequeno, não por temor, mas por causa da fé. Eu dedico meus saltos a Deus. Devo tudo a Ele."

Outra citação sobre a fé de Stoch encontramos no twitter de Church in Poland: "Tento todo dia colocar Deus em primeiro lugar. Fé é uma força guiadora. Acho que toda pessoa deve ter isso nela. Fé ajudará a pessoa a superar várias adversidades, que encontrará no caminho. Sem fé, seria difícil pra mim alcançar alguma coisa."

Fontes

https://www.deon.pl/religia/kosciol-i-swiat/z-zycia-kosciola/art,33379,kamil-stoch-swoje-skoki-dedykuje-panu-bogu-jemu-zawdzieczam-wszystko.html

https://eurosport.interia.pl/raporty/raport-pjongczang-2018/polacy/news-pjongczang-2018-kamil-stoch-w-podziece-bogu-i-zonie-ewie,nId,2546440

https://twitter.com/ChurchInPoland/status/949753104462905344

http://www.pch24.pl/wyborcza-atakowala-religijnosc-polskich-skoczkow-- kamil-stoch-odpija--nie-wstydze-sie-wiary-,57828,i.html#ixzz59SaPjWa9

Não existem comentários ainda, seja o primeiro a comentar!