Fé Campeã | Winter X Games 2015
Winter X Games 2015

Winter X Games 2015

26jan2015. O Winter X Games 2015 foi realizado entre os dias 21 e 25 de janeiro pela 14a vez consecutiva em Aspen, Colorado, na mesma época do Campeonato Mundial de Snowboard e Ski Freestyle, realizado em Kreischberg, Austria.

Enquanto que a americana Lindsey Jacobellis do Snowboard Cross surpreendentemente conseguiu participar e conquistar o ouro nos dois eventos, a maioria dos atletas preferiu focar no evento que seria mais importante para sua carreira. Foi o caso do americano Nick Goepper, medalhista de bronze em Sochi 2014, que conquistou o tricampeonato do X Games na categoria Slopestyle.

Para Goepper, a inclusão do Slopestyle nas Olimpíadas foi muito legal. "Acho que será uma mudança total de ar fresco," disse em entrevista a Chad Bonham do site beliefnet.com. "As Olimpíadas precisam de nós mais do que precisamos deles. Nós temos construído nosso esporte com atitude de liberdade uma década atrás. Nós nos separamos do Mogul e Aerials e desenvolvemos nosso próprio esporte e nossas manobras. E agora voltamos às raízes..."

Os atletas de esportes radicais são frequentemente rotulados como rebeldes, ousados, desencanados, mas Nick Goepper foge deste esteriótipo. "Minha família sempre foi pra igreja," disse. "Gosto de pensar que fé tem sido uma parte da minha vida desde que eu era jovem. É definitivamente parte da minha carreira esportiva. Sempre uso uma cruz nos meus óculos durante as competições quando vejo algo estranho. É uma lembrança de que alguma coisa a mais está me ajudando."

Goepper tem usado o esporte e competições importantes como os X Games e Olimpíadas como um plano para influenciar e ser um exemplo para outras pessoas. "Isso dá a você uma oportunidade bacana de se expressar, não apenas seu estilo pessoal, mas também sua fé e no que você acredita e seus valores," explicou.

"Ele me ajuda com certeza todos os dias e em todas as competições," disse o campeão que exemplificou quando teve suas amigdalas retiradas e quebrou sua mão. "Fiz um monte de orações e apenas pedi pra Deus fazer da Sua maneira... Voltei ao médico depois de quatro semanas e ele ficou pasmo sobre a recuperação da mão. Considerei isso como um tributo a minha fé e minha crença em fazer as coisas certas."

Goepper gosta de citar uma frase conhecida pelos atletas cristãos, "Posso todas as coisas Naquele que me fortalece." É uma espécie de visualização de eu esquiando e Deus é como uma águia pertinho de mim cochichando nos meus ouvidos que tudo dará certo. Tento apenas meu melhor e isso é tudo que posso pedir."

 

 

Fonte

http://www.beliefnet.com/columnists/inspiringathletes/2014/02/a-conversation-with-olympic-freestyle-skier-nick-goepper.html#

Não existem comentários ainda, seja o primeiro a comentar!