Fé Campeã | WORLD PARA ATHLETICS CHAMPIONSHIP 2017 - Stefanie Reid
WORLD PARA ATHLETICS CHAMPIONSHIP 2017 - Stefanie Reid

WORLD PARA ATHLETICS CHAMPIONSHIP 2017 - Stefanie Reid

23jul2017. A britânica nascida neozelandesa Stef Reid conquistou seu primeiro ouro em grandes eventos, após bater na trave com as pratas nos Jogos Paralímpicos Londres 2012 e Rio 2016 (salto em distância cat.F44) e os bronzes no Mundial de Christchurch 2011 (200m T44 e salto em distância F44).
Ela também participou dos Jogos de Pequim 2008, representando o Canadá, ganhando o bronze nos 200m categoria T44, para atletas com amputação abaixo do joelho ou que tenham mobilidade reduzida nas pernas.
Nascida na Nova Zelândia, sua família se mudou para Toronto quando ela tinha 4 anos. Reid perdeu seu pé direito num acidente de barco aos 15 anos de idade e sua vida foi salva por um cirurgião que cortou o fluxo sanguíneo através da amputação.
Atualmente ela é casada com o campeão paralímpico no Rio 2016 (100m T53) e 10x campeão mundial (100m, 200m, 400m, 800m e 4x400m) Brent Lakatos, e moram na Inglaterra.
Em entrevista ao Beyond the Ultimate, Reid revelou que perder sua perna foi um presente maravilhoso. Ela apenas acreditou que a mão de Deus estava presente, e não tem qualquer amargura. "Ele sabia que esta era a única forma de chamar minha atenção. Sou grata porque aos 16 anos aprendi o que era importante na vida. Eu certamente tive momentos de frustação mas nunca raiva com Deus. Ainda sei que Deus esta no controle e se Ele pode me salvar de um acidente como aquele, não há muita coisa que Ele não possa lidar," explicou a paratleta que orou e entregou sua vida para Deus na ambulância no caminho do Hospital.
Teologia e Deficiência é um assunto muito complexo e não existe resposta exata para os questionamentos. Por isso Stuart Weir da missão BMS World Mission e diretor da Verite Sport resolveu entrevistar alguns campeões para saber mais o que eles pensam sobre a questão: "Você culpa Deus?"
Jeremy Campbell, USA (Lançador de disco amputado - 3 ouros em Beijing'08 e Londres'12 e 2 ouros em Mundiais (Doha'15 e Londres'17)
"Culpar ele - Não. Mas acho que podemos facilmente sentir pena de nós mesmos. Não fico chorando 'por favor me ajude'. 'Por que eu? Mereço melhor' Mas não. Acho que precisamos olhar a Bíblia. Há Genesis 50 e muitos versículos que dizem que Deus não é o autor disso. É uma maldição por causa do pecado?..." ...Acredito que isso me deu um plano para mostrar quanto Deus é maravilhoso e o que pode fazer. Diz em 1 Corintios 1:27 que Deus usa o fraco para envergonhar o forte, e o tolo para envergonhar o sábio. Acho incrível como Deus usa as coisas menores para provocar um impacto maior. Então não culpo Ele. Não - ele é Deus."
Brent Lakatos, GH (velocista cadeirante - ouro nos 100m, 200m, 400m e 800m em Londres'17)
"Não acho que sou grato por isso. Se não fosse meu acidente não seria um cristão, não estaria casado com Stef, não teria competido nas Paralimpíadas. Não sei o que estaria fazendo com minha vida. Acho que sou abençoado em todas as coisas que sou capaz de fazer e na vida que tenho."
Terezinha Guilhermina (velocista deficiente visual 3 ouros, 2 pratas e 3 bronzes paralimpicos)
"Não, não acho que Deus cometeu um erro quando me fez cega. Ele simplesmente deu os olhos para alguém que estava do meu lado, para quando eu precisasse eu pegaria emprestado"
 
Fontes
http://beyondtheultimate.com/athlete/Stef-Reid
http://bmsriocorrespondent.co.uk/2016/09/08/do-you-blame-god/

Não existem comentários ainda, seja o primeiro a comentar!