2020 SUMMER PARALYMPICS GAMES - TOKYO - 16x paralympic champion Jessica Long (USA)

2020 SUMMER PARALYMPICS GAMES - TOKYO - 16x paralympic champion Jessica Long (USA)

05jun2022. Em sua quinta paralimpíadas, a americana nascida na Rússia Jessica Long conquistou mais três ouros, duas pratas e um bronze, tendo agora 29 medalhas no total, 16 ouros, 8 pratas e 5 bronzes, competindo em quase todas as provas da natação categoria S8, que incluem nadadores amputados e com paralisia cerebral.

Aos 29 anos, a atleta mais condecorada da atualidade começou sua carreira olímpica aos 12 anos em Athenas 2004, quando se tornou a mais jovem atleta paralímpica a se tornar campeã.

Long foi adotada aos 13 meses de vida pelos pais de Baltimore, Maryland de um orfanato na Sibéria. Ela teve uma rara condição chamada Hemimelia fibular, e teve suas pernas amputadas para que sua mobilidade melhorasse com o uso de próteses. Ela precisou de 25 cirurgias complicadas e começou a nadar na casa de sua avó, logo se juntando a um time de natação local aos 10 anos de idade.

Jessica deu um tempo em 2019 para se casar, mas se preparou para Tóquio com o objetivo de "usar seu talento que Deus deu a ela." Ela é uma cristã devota agora mas nem sempre foi assim. Seus pais a levavam para a Igreja todo domingo mas ela se lembra de se sentir furiosa com sua condição. "Eu me lembro de não querer nada com Deus, e estava indo para cirurgias a cada três meses. E quero dizer, tudo que sempre ouvi foi que Deus me fez desta maneira e eu era tipo, 'Hmm, não acho que gosto disso.' " Entretanto sua raiva potencializou sua competitividade e após sua estréia paralímpica, ela competiu no Mundial em 2006 ganhando 9 ouros, superando Michael Phelps no ESPY Awards e recebendo reconhecimento mundial.

Jessica chegou nos Jogos de Londres 2012 com um relacionamento superficial com Deus mas como uma nadadora de sucesso. Ela estava ganhando ouros, prêmios, estava nos tapetes vermelhos de Los Angeles e tinha vários patrocínios, mas sentia que algo estava faltando. Enquanto treinava em Londres, ela frequentou um grupo de estudo bíblico e percebeu que algo precisava mudar. "Acho que estava cansada de ficar com raiva. Acho que estava cansada de carregar todo peso. Acho, você sabe, nada satisfazia minha alma, e isso era tudo que sempre escutei minha vida inteira, certo, é Deus, é o único. Ele é o único que pode preencher e satisfazer tudo - todas as suas necessidades."

Até que em 2013, ela entregou sua vida para Deus. "Eu orei com uma mulher que conheci e pensava, " Eu realmente quero entregar a Ele meu coração. Quero orar. Não quero mais questionar..." 

Após se casar e se tornar a mais condecorada de todos os tempos, Jessica esta segura agora de sua identidade. "Minha identidade está em Cristo, e eu realmente espero mostrar isso com meu caráter, o modo com que faço as coisas na piscina. Sei que não conseguiria sem Deus. Eu realmente confio Nele. E quando estou nadando, eu imagino Ele perto de mim como se ainda estivesse usando o talento que Ele me deu. E acho que estou ainda realmente vivendo meu propósito e que Ele estaria realmente orgulhoso de mim. Eu diria que todo atleta ou todo mundo que provavelmente sentiu isto... Não está funcionando. Você não está satisfeito. Nunca será o suficiente, mas Deus é suficiente. E isso é duro e é tudo em seu tempo, claro, mas apenas saber que Deus está esperando, esperando por você de braços abertos e Ele mal pode esperar pra ter você parte de Sua família."

Fontes
https://evangelicalfocus.com/life-tech/13137/us-gold-medal-para-swimmer-jessica-long-my-identity-is-in-christ
https://www1.cbn.com/cbnnews/entertainment/2021/april/paralympian-jessica-long-had-50-gold-medals-but-no-peace-then-she-gave-her-heart-to-jesus-god-is-enough

Alexandre Augusto de Oliveira

Parceiros

Informática LivreSportplan Triathlon