STRONGMAN, OLYMPIC AND WORLD CHAMPION  - Paul Anderson - USA

STRONGMAN, OLYMPIC AND WORLD CHAMPION - Paul Anderson - USA

15nov2020. Paul Anderson começou a levantar pesos em seu quintal, na adolescência, com o objetivo de jogar no time do colegial. Seu pai construia pesos feitos de concreto e ele não teve dificuldades de conseguir bolsa para a faculdade. Lá ele conheceu dois levantadores de peso e decidiu se juntar a eles, ganhando peso e força, após um ano deixou a universidade para focar no treino integral.

Após dois anos de treino, Paul começou a quebrar recordes nacionais e mesmo mundiais. Ele ganhou o campeonato nacional e o Mundial em 1955. Neste mesmo ano viajou pra União Soviética no auge da Guerra fria, impressionando os russos, onde o esporte era popular.

Durante os Jogos Olímpicos de Melbourne, o jovem de 24 anos empatou com o super-peso pesado Humberto Selvetti da Argentina, mas levou a medalha de ouro porque era mais leve. Ele ficou muito doente duas semanas antes dos Jogos e quase não competiu. Ele pedia pra colocar apenas o peso suficiente para vencer. No último levantamento, ele clamou a Deus e começou a contar sua conversão a partir deste momento.

Nascido num lar cristão, ele frequentava várias igrejas metodistas, Batistas e cristãs. Haviam vários parentes pregadores. Mentalmente ele praticava as verdades ensinadas na Bílbia e tinha uma conduta moral e pessoal de bom comportamento. 

Após os Jogos de Roma 1960, onde não pode competir por ter realizado exibições pagas e ser oficialmente profissional, Deus colocou em seu coração fundar uma casa para ajudar jovens. Ali dezenas de jovens passaram para receber educação, propósito, ensino bíblico e uma firme e amorosa disciplina.

Entre 1960 e 1970, Paul manteve um calendário brutal de apresentações para levantar fundos para a Casa, palestrando aproximadamente 500 vezes no ano - para Youth for Christ, FCA, igrejas locais mas especialmente em escolas públicas. Ele sempre dava seu testemunho de salvação através de Cristo, e recusava palestras onde não era permitido falar de sua fé. Mas ele não focava em maximizar sua fama, em vez disso, chamava a atenção para a necessidade de ajudar as vidas dos jovens.

"Se você recebesse um dom você deveria usar para algo," disse em 1992, dois anos antes de partir aos 61 anos, sofrendo de uma doença crônica nos rins.
"Isso deveria ser usado para guiá-lo na direção correta."

Fontes
https://en.wikipedia.org/wiki/Paul_Anderson_(weightlifter)
https://www.tribune.org/paul-anderson/
https://www.wsav.com/news/special-report-olympic-gold-medalist-champions-for-young-men/1077820975/